Número total de visualizações de página

terça-feira, 24 de março de 2009

Comentários

Comentários acerca do pensamento de Marx


É necessário estudar a história para se entender como as coisas funcionam. A história está recheada de uma constante luta de classes é como se fosse um motor.

Motor = luta de classes

ex.: Faraó vs Camponês, burguesia vs assalariados, etc.

A história é uma briga política que leva a transformações: os de baixo lutam e melhoram a sua vida podendo chegar lá em cima. A luta de classes gera uma transformação no modo de produção. O ser humano produz os seus bens materiais (casa, comida e vestimenta). O que importa não são as coisas produzidas e sim a maneira que estas coisas são produzidas. Os bens são feitos de maneira coletiva. A forma de se fabricar condiciona os bens culturais (condiciona a cabeça, e o pensamento).

Ex.: Bens culturais (advocacia, arte, religião)

A produção egípcia fazia surgir uma cultura. Quem trabalha é o servo livre e a riqueza fica com o faraó. Logo a produção é o rio, e o mesmo se torna deus. Para Marx cada religião é condicionada, isso devido a um meio de produção.

"deus é uma criação humana ligada intimamente a economia"


Marx = máximo de iluminismo, racionalismo!

Segundo Marx quando se tem muitas pessoas à religião politeísta não serve mais, pois ela desune as pessoas. faz-se necessário então a criação do monoteísmo, que serve para abarcar grandes quantidades de pessoas. Toda a obra de Marx desemboca-se no comunismo, é ali que a burguesia perde o poder.

comunismo: ninguém na verdade sabe o que é comunismo.
-o comunismo seria na verdade o fim de todo o modo de produção
-hoje, todo aquele que luta para acabar com o capitalismo é considerado comunista.
-o chamado socialismo seria a transição para o comunismo.
não a existência da propriedade privada- o Estado é quem controlará tudo o que gera capital.
-se não existe propriedade privado, não se tem o que roubar, desaparecendo-se assim a luta de classes, pois tudo seria de todos, ao eliminar a luta de classes elimina-se automaticamente a polícia e o estado.

comunismo = utopia = era da felicidade sem fim!


Ele é dialético- a economia condiciona a minha cabeça; mas a minha cabeça tbm condiciona a economia; a isso nós chamamos de dialética. a dialética consiste em pensar os contrários.

-os trabalhadores não vêem as teorias de Marx por causa da ideologia

Ideologia = mascaramento da realidade. é não deixar as pessoas verem o que realmente ocorre. exemplo de ideologia: "o trabalho dignifica o homem", na verdade esta frase esconde a verdade, pois na realidade somente alguns trabalhos dignificam o homem, ser lixeiro, por exemplo, não dignifica o homem. Estas frases estão cheias de ideologia burguesa, elas impedem as pessoas de verem as verdades. Seria o contrário da dialética.

"No capitalismo todos ficam ricos"-frase esta extremamente ideológica. Esta frase é verdade somente para uma nata da sociedade. A chance de um pobre ficar rico é muito pequena. A ideologia segundo Marx não deixa os pobres perceberem a luta de classes que rege a sociedade.


Mercadoria- Marx traça o que seria mercadoria em seu livro "o capital". Na mercadoria temos o valor de uso (a utilidade da mercadoria), e o seu valor de troca (valor de troca seria uma certa quantidade de dinheiro, o valor da mercadoria). Valor de troca = quantidade de horas de trabalho socialmente necessária.

Valor (quantidade de horas)
Preço (é ditado pelo mercado)

Obs.: se vc levar menos tempo para produzir certa mercadoria o seu lucro será maior. As ciências exatas têm como uma de suas funções baixar essas quantidades de horas necessárias para se produzir uma mercadoria. Logo, as profissões tbm são mercadorias, elas têm uma quantidade de horas socialmente aceitas para serem produzidas.

A propaganda mexe com o irracional humano e nos faz comprar coisas inúteis. O que realmente nos governa é o nosso irracional e não a razão. O que faz vender é a propaganda. Todo produto tenta lembrar a forma de genital masculino e feminino, pois o irracional percebe essas variações. Essas coisas não são percebidas pela razão só são sensíveis ao irracional. Compramos as coisas para enriquecer o capitalismo.

A propaganda forma adultos infantis (infantilização dos adultos). Cinema: filmes cada vez mais supérfluos. A propaganda tbm cria um subjetivismo (clone), uma falta de identidade: pessoas iguais querem as mesmas coisas. A propaganda te dá uma sensação de uniformidade. O valor de troca é o que enriquece a burguesia!

Sem comentários:

Enviar um comentário